• Wix Facebook page
  • Facebook-Icon.png
  • Google+ Preto Redonda
  • Wix Twitter page
  • Facebook Orange Gumdrop
  • YouTube App Icon
  • Instagram App Icon
  • Pinterest App Icon
  • Google+ App Icon
  • Vimeo App Icon
  • Flickr App Icon
  • Tumblr App Ícone
  • Catraca Livre.png
  • WhatsApp.jpg
malaparadois - Dicas de Viagens & Lifestyle em um único site!

Principado de Liechtenstein

Nesta Seção

Você é o visitante nº

Pequeno, porém belo, este minúsculo principado localizado no centro da Europa, encravado nos Alpes entre a Áustria, a leste, e a Suíça a oeste recebe muitos turistas a procura de tranquilidade e de paisagens bucólicas.

 

Existem algumas opções pra chegar em Liechtentein a partir de Zurique e sua principal cidade é a capital Vaduz. Conhecido por investidores no mundo inteiro como um “paraíso fiscal”, este país tem despertado interesse de turistas e visitantes devido a sua alta taxa de crescimento econômico e suas belas paisagens.

 

Liechtenstein é um membro do Tratado de Schengen. Não há fronteiras com os países signatários do tratado (a União Europeia, com exceção da Bulgária, Chipre, Irlanda, Romênia e Reino Unido), Islândia, Noruega e Suíça. Brasileiros estão isentos de visto para entrar no país para uma visita de até 90 dias. O país não é um membro da União Europeia, então turistas que entram no país através da Áustria (e vice-versa) estão sujeitos à fiscalização alfandegária não-sistemática, mesmo que não exista nenhum controle de imigração.

 

Liechtenstein não possui aeroportos, devido ao tamanho do país. Pode-se pegar um voo até o aeroporto de Zurique (115 km). Apesar do aeroporto ser o único de grande porte por perto, existem outros serviços mais limitados, com voos vindos de Viena para o aeroporto St. Gallen-Altenrhein (53km), pela companhia Austrian Arrows. Outro ponto de entrada popular é Friedrichshafen, na Alemanha, cujo aeroporto é servido por companhias aéreas low cost.

 

Existem também diversas opções de trem e ônibus vindos da Suíça ou da Áustria que passam por Liechtenstein.

Malaparadois - Dicas de Viagens & Lifetyle em um único site!

Vamos conhecer um pouco da história

O Principado de Liechtenstein foi estabelecido no Sacro Império Romano em 1719 e se tornou um Estado soberano em 1806. Até o final da Primeira Guerra Mundial, era muito ligado à Áustria, mas a devastação econômica causada por aquele conflito forçou Liechtenstein a iniciar uma união aduaneira e monetária com a Suíça. Desde a Segunda Guerra Mundial (na qual Liechtenstein se manteve neutro), os baixos impostos causaram um gigantesco crescimento econômico.

A pouca fiscalização econômica acabou resultando em preocupações sobre o uso das instituições financeiras para lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Entretanto, os dias nos quais se levavam malas de dinheiro para dentro dos bancos acabaram. Os habitantes de Liechtenstein são muito orgulhosos por seu país nunca ter se envolvido fisicamente em uma batalha ou confronto militar com um "Estado inimigo" e veem sua bandeira como um símbolo da paz.

 

Se movimentando por Liechtenstein:  O transporte público em Liechtenstein é muito eficiente e é utilizado costumeiramente. A única operadora de ônibus no país é a LBA. As tarifas da LBA são muito baratas, um cartão de uso ilimitado por sete dias custa em torno de R$ 22,00. Outro modo barato de se viajar, caso o tempo permita, é de bicicleta. As estradas em Liechtenstein são de excelentes condições e muitas ainda oferecem pistas exclusivas para bicicletas (no corredor Balzers-Schaan). Andar de bicicleta por todo o país (entrando da Áustria indo até o sul, saindo pela Suíça) toma apenas algumas horas, mas vale cada minuto de apreciação da paisagem alpina.

 

A língua oficial é o alemão, mas o idioma de uso cotidiano é o dialeto germânico, o qual Liechtenstein compartilha com o leste da Suíça, Baden-Württemberg (ao sul de Stuttgart, Alemanha) e Vorarlberg, Áustria. Quase todos falam o alemão tradicional quando necessário, e o inglês também é muito utilizado. Francês e latim também amplamente ensinados no sistema escolar secundário.

O que ver

Liechtenstein possui vários atrativos de interesse para os visitantes e turistas. A cidade de Balzers possui uma bonita igreja e um castelo gótico espetacular; a capital e principal área de comércio do país, Vaduz, possui muitas lojas de souvenirs e restaurantes variados. A cidade também abriga uma modesta catedral e o antigo museu Liechtenstein Kunstmuseum. Há também um museu do esqui ao norte do centro da cidade; o Castelo Schloss Vaduz é imponente e histórico, o lar da família real, e observa a cidade de Vaduz. Pode-se chegar até ele através da estrada Vaduz-Triesenberg (rota de ônibus 21). O castelo não é aberto ao público, mas é possível observá-lo bem de perto.

 

É perfeitamente possível encontrar a família real no Kunstmuseum, entrando ou saindo do castelo Schloss Vaduz ou esquiando durante o inverno. Este é o benefício de um país tão pequeno. Eles podem ser vistos em seus carros, os quais usam seus anos de nascimento como placa.

Liechtenstein
Liechtenstein

press to zoom
Liechtenstein
Liechtenstein

press to zoom
Liechtenstein
Liechtenstein

press to zoom
Liechtenstein
Liechtenstein

press to zoom
1/3

O que fazer por lá

Liechtenstein oferece boas opções de caminhada, ciclismo nas montanhas e também nas estradas. Esqui e snowboard também são oferecidos a preços razoáveis no pequeno resort do país, o Malbun, em comparação com os altos preços das vizinhas Suíça ou Áustria.

Acorde cedo de manhã e dirija para as montanhas no lado leste do rio. De lá você poderá ter uma vista incrível de Vaduz e da Suíça, onde poderá parar para admirar a bela paisagem.

 

Compras

Pode não ser uma boa ideia para quem viaja e sempre neste intuito. Liechtenstein usa o franco suíço como moeda corrente, mas muitas lojas também aceitam o euro, mas a taxa de câmbio pode não ser muito vantajosa. Os custos em Liechtenstein são, em média, equivalentes aos da Suíça e, deste modo, um pouco mais caros do que nos demais países europeus, por tanto prepara-se para gastar bem.

 

Onde comer e beber

Você encontrará alguns restaurantes nas maiores cidades de Liechtenstein. Há também um McDonald's (aberto em 1996, e serve vinho), que é muito popular e muito anunciado em placas na estrada por todo o país. As várias pequenas padarias são um excelente local para se aquecer ou comer docinhos. O restaurante mais recomendado é o Old Castle Inn (Aeulestrasse 22), no centro de Vaduz.

 

Se produz vinho em Liechtenstein e estes são disponibilizados nos supermercados e lojas de turistas pelo país. Em média com R$ 60,00 você consegue adquirir uma boa garrafa da região. O Monarca (Príncipe) possui seu próprio vinhedo em Vaduz, perto da estrada principal. A Cerveja também é disponibilizada para compra (também nada barata, custa em torno de R$ 22,00 uma de 33 cl), feita com malte de Liechtenstein, apesar de a maior parte da cerveja em si ser produzida na Suíça. Uma variedade de vinhos, cervejas e refrigerantes europeus são disponíveis.

 

Internet

Curiosamente este é um dos pouco países europeus que não disponibilizam internet wi fi com facilidade. O acesso à internet está disponível em uma estação da Telecom Liechtenstein logo ao sul do centro de Vaduz na estrada principal, mas só está aberta no horário comercial. A maioria dos hotéis e bares ou restaurantes terão acesso à internet (a maioria pago).

Como o país é pequeno e todos possuem internet em casa, lojas com esse intuito (como o último Internet Café desapareceu por lá).

 

A hospedagem

Existem alguns hotéis em Liechtenstein, mas costumam ser caros. Há um hostel localizado em Schaan, mas ele fecha no inverno. Você provavelmente encontrará acomodação mais barata na cidade vizinha de Feldkirch, na Áustria. Ocamping Mittagspitz é o único serviço do tipo no principado no ano inteiro. Oferece instalações excelentes, uma recepção amigável e um restaurante ótimo com bons preços. A Gasthaus Krone possui quartos baratos. É um hotel e restaurante familiar. Fica a 15 km de Vaduz, e possui serviço de ônibus regular (a cada hora) para todos os locais de Liechtenstein. O preço fica em torno de R$ 113 (quarto duplo).

 

O Park-Hotel Sonnenhof é um hotel 5 estrelas em Vaduz, que oferece um restaurante gourmet premiado e um parque privativo com vista panorâmica dos Alpes, do Vale do Reno, do Castelo de Vaduz e dos vinhedos nas proximidades. Há WiFi gratuito e as diárias podem ser bem caras algo em torno de R$ 1.700,00 por dia.

 

Segurança

Liechtenstein é um dos países mais seguros do mundo, apesar de não estar imune a problemas. O tipo de crime mais comum em Liechtenstein é o de natureza não-violenta, apesar de o principado manter uma polícia bem-equipada com presença nas ruas. Motoristas bêbados e as condições das estradas no inverno poderão ser seus únicos problemas “reais”. Os limites de velocidade são rigorosos, fiscalizados através de câmeras e as multas são muito caras.

A bela paisagem do país também pode ser muito perigosa. Casos de pessoas que caminham e se encontram em dificuldade são muito comuns, e precaução extra deve ser tomada quando se for deixar as trilhas bem demarcadas. Siga conselho dos nativos e leia a previsão do tempo local (os jornais do principado imprimem previsões diferentes para diferentes cidades em Liechtenstein, o que é benéfico pois a diferença de altitude frequentemente causa condições de tempo distintas).

 

Saúde e hospitais

Existem excelentes instalações médicas em Liechtenstein, mas muito provavelmente você terá que ser transferido para um hospital na Suíça em caso de necessidade de cuidados médicos. Se você for cidadão austríaco ou da União Europeia, poderá receber atenção médica na vizinha Feldkirch, na Áustria.

O Principado de Liechtenstein existe por séculos como um Estado independente e isso deve ser lembrado. Liechtenstein não é parte da Suíça ou da Áustria, e seus cidadãos não irão hesitar em fazer você se lembrar disso. Lembre-se que o país é católico tradicional. Aos domingos as ruas ficam completamente vazias, as únicas exceções sendo os turistas e o pessoal das lojas turísticas.

Os habitantes de Liechtenstein são muito orgulhosos de sua identidade nacional e tomam por ofensa serem chamados de “alemães, austríacos ou suíços”. Aqueles que se sintam inclinados a criticar o sistema monárquico de governo devem ser avisados: o príncipe é muito amado e muito popular, e ele é tido em alta estima quando se trata de discutir assuntos políticos.

Malaparadois - Dicas de Viagens & Lifetyle em um único site!
Malaparadois - Dicas de Viagens & Lifetyle em um único site!
Malaparadois - Dicas de Viagens & Lifetyle em um único site!
Malaparadois - Dicas de Viagens & Lifetyle em um único site!
Malaparadois - Dicas de Viagens & Lifetyle em um único site!
Liechtenstein
Liechtenstein

press to zoom
Liechtenstein
Liechtenstein

press to zoom
Liechtenstein
Liechtenstein

press to zoom
Liechtenstein
Liechtenstein

press to zoom
1/6

“Às vezes o que falta para alguém viajar é uma boa dica e uma boa história”

 

www.malaparadois.com 

Dicas de Viagens & Lifestyle em um único site!