Informativos

Newsletters

  • Wix Facebook page
  • Facebook-Icon.png
  • Wix Twitter page
  • Google+ Preto Redonda
  • Facebook Orange Gumdrop
  • YouTube App Icon
  • Instagram App Icon
  • Pinterest App Icon
  • Google+ App Icon
  • Vimeo App Icon
  • Flickr App Icon
  • Tumblr App Ícone
  • Catraca Livre.png
  • WhatsApp.jpg

Nesta seção

você é o visitante nº 

EM DESTAQUE

TAXA TURÍSTICA DE DOIS EUROS EM LISBOA JÁ ESTÁ EM VIGOR

As dormidas em Lisboa estão mais caras desde o início do ano.  A Taxa Municipal Turística, instituída pela Câmara Municipal de Lisboa, custa agora dois euros e é aplicada às dormidas em hotéis ou unidades de alojamento local.

A duplicação do montante, que até então era de um euro,  visa  o reforço da  limpeza urbana e dos transportes nas zonas com maior pressão do turismo.

 

A Câmara de Lisboa prevê  um encaixe de 36,5 milhões de euros com esta taxa ao longo do ano.

Lisboa 2015.jpg

A Taxa Municipal Turística começou a ser aplicada em Janeiro de 2016 sobre as dormidas de turistas nacionais e estrangeiros. Crianças até aos 13 anos de idade estão isentas de pagamento bem como quem pernoitar na cidade para obter tratamento médico e os seus acompanhantes.

Eventos como o Festival Eurovisão da Canção ou a Web Summit  já beneficiaram das receitas provenientes da taxa turística.

A vida na cidade mais fria do mundo

Oymyakon

Com temperaturas médias a rondar os 50 graus negativos, é o local habitado mais frio do mundo.

Não é, nem pretende ser, um roteiro de viagem tradicional. Tão pouco será uma sugestão óbvia de evasão. Mas é um registo de vida e a prova de que ela existe (com tudo o que isso implica e inspira) para lá das fronteiras habituais. Da Sibéria, com amor.

Se dissessem a um cidadão russo contemporâneo de Estaline que o iriam enviar para a Sibéria, a reação deste seria, inevitavelmente, de terror; de um justificado terror – todos os que sofriam tal «punição», porque era disso que se tratava, sabiam ter pela frente meses de trabalho árduo em condições extremas de baixas temperaturas.

Luxo, arte e história presentes em 9 castelos na Holanda

Siga os passos de famílias reais, líderes políticos, intelectuais e estrelas de Hollywood e admire a beleza dessas construções.

Matéria: Holland Alliance

Castelos na Holanda

Da costa oeste até os exuberantes campos de Gelderland no Leste, a paisagem da Holanda é pontuada pelas torres de seus muitos castelos e jardins. Mas tão impressionantes como as fachadas majestosas são os luxuosos interiores dessas casas, que muitas vezes abrigam coleções particulares de arte, móveis antigos raros e, em alguns casos, funcionam como museus nacionais. 

Salar de Uyuni, Bolívia

O maior deserto de sal do mundo não chama a atenção dos visitantes apenas pela sua dimensão.

 

O Salar de Uyuni abriga dez bilhões de toneladas de sal, de onde é possível extrair 25 mil toneladas do minério por ano.

 

Além de ser dono de toda essa imensidão, o lugar cria paisagens pitorescas, que se modificam conforme as estações agem sobre a planície.

 

É depois das chuvas de verão, por exemplo, que sua superfície se transforma em um espelho gigantesco, apagando os limites entre o céu e a terra e criando, assim, um espetáculo natural.

Salar de Uyuni
Salar de Uyuni

press to zoom
Salar de Uyuni
Salar de Uyuni

press to zoom
Salar de Uyuni
Salar de Uyuni

press to zoom
Salar de Uyuni
Salar de Uyuni

press to zoom
1/9

A travessia por essa região localizada a (distantes) 600 km de La Paz é um dos roteiros turísticos mais bem sucedidos de toda a Bolívia e atrai, durante todo o ano, visitantes estrangeiros em busca de experiências exclusivas em terras sul-americanas. Seja durante o inverno, quando aquela imensidão branca ameaça cegar os olhos dos desavisados, ou nos meses de verão, quando degelo e chuvas formam uma lâmina que reflete um céu sem fim, o Salar de Uyuni é sempre garantia de boas imagens.

 

A melhor forma para conhecer esse deserto de sal de 12 mil km², resultado da evaporação de antigo lagos a 3600 metros de altitude é contratar os diversos tours comercializados na pequena Uyuni, cidade que serve como base e ponto de partida para quem vai cruzar a imensidão branca  em uma viagem de 4 dias de duração que termina na fronteira com o Chile, bem na boca do Deserto do Atacama. O roteiro costuma ter início a 1 km do centro do povoado, onde está o Cemitério de Trens que guarda sucatas de vagões abandonadas por empresas europeias que tentaram explorar a região. O cenário rende boas imagens. Dali para frente, o asfalto será uma imensa placa branca de sal e o céu como horizonte. Em Colchani, o sal é protagonista e está presente nos trabalhos artesanais feitos por locais e nas peças de um pequeno museu. A próxima parada, uma das mais aguardadas de todo o roteiro, é na Isla Incahuasi, cujos destaques são os cactos gigantes que chegam a ter mais de 10 metros de altura.

As Sete Maravilhas do Mundo Moderno

Coliseu de Roma (Itália)
Coliseu de Roma (Itália)

press to zoom
Chichén Itzá (México)
Chichén Itzá (México)

press to zoom
Taj Mahal (Índia)
Taj Mahal (Índia)

press to zoom
Coliseu de Roma (Itália)
Coliseu de Roma (Itália)

press to zoom
1/7

Em 07 de julho de 2007, foram anunciadas no Estádio da Luz, em Lisboa, as Sete Maravilhas do Mundo Moderno, um novo conjunto de obras dignas de serem listadas, como foi feito pelos gregos com as Sete Maravilhas do Mundo Antigo.

 

O objetivo foi e é manter viva na memória a beleza e grandiosidade de obras construídas pelo homem e que merecem ser vistas. Há ainda um interesse turístico nesta nova lista, fomentando a visitação destes lugares.

 

Quantas das Sete Maravilhas do Mundo Moderno vocês já conhecem?

 

Coliseu (Itália)

Também conhecido como Anfiteatro Flaviano, o Coliseu é o principal símbolo de Roma, na Itália.

 

Palco de lutas entre gladiadores e de massacres de cristãos, hoje conserva apenas uma parte de sua estrutura. Construído em 70 d.C., é uma das maiores construções do Império Romano.

Chichén Itzá (México)

A Cidade Maia de Chichén Itzá  localiza-se na província mexicana de Iucatã. Compõem as estruturas da cidade a pirâmide de Kukulkan, o Templo de Chac Mool, a Praça das Mil Colunas e o Campo de Jogos dos Prisioneiros, formando um belo sítio arqueológico desta civilização americana.

 

Machu Picchu (Peru)

Construída no século XV, Machu Picchu(em quíchua, Machu Picchu significa “velha montanha”) é também conhecida como “cidade perdida dos Incas“. Localizada no topo de uma montanha da cordilheira dos Andes, a 2400 metros de altitude, no vale do rio Urubamba, atual Peru, a cidade hoje é o principal símbolo do Império Inca, que foi destruído com a chegada dos espanhóis à região no século XVI.

 

Cristo Redentor (Brasil)

Localizado no Rio de Janeiro, o Cristo Redentor mede 38 metros e foi construído sobre o morro do Corcovado. É o maior símbolo da cidade carioca e também um símbolo do cristianismo brasileiro, sendo inaugurado no dia 12 de outubro de 1931.

Muralha da China (China)

A Muralha da China, ou a Grande Muralha, teve sua construção iniciada por volta de 220 a.C. por determinação do primeiro Imperador Chinês Qin Shihuang, da dinastia Qin, com o objetivo de proteção militar no norte do Império chinês, estendendo-se por cerca de três mil quilômetros.

 

As Ruínas de Petra (Jordânia)

Petra é um importante enclave arqueológico da Jordânia, no Oriente Médio. Sua ocupação remonta o ano de 1200 a.C. A cidade prosperou durante os Impérios Romano e Bizantino, mas dois terremotos devastaram-na, sendo o segundo em 551 d.C.

 

Taj Mahal (Índia)

O Taj Mahal é um mausoléu situado em Agra, pequena cidade da Índia, e construído entre 1630 e 1652. Feito de mármore branco por ordem do imperador Shah Jahan, em memória de sua esposa, Aryumand Banu Begam, o Taj Mahal é também conhecido como uma das maiores provas de amor do mundo, contendo inscrições retiradas do alcorão e incrustado de pedras semipreciosas.

Montanhas Tianzi na China

As Montanhas Tianzi estão localizada em Zhangjiajie na província de Hunan na China , perto do Vale Suoxi.

Tem esse nome após o agricultor Xiang Dakun do  grupo étnico Tujia liderar uma revolta bem sucedida dos agricultores locais e chamar a si mesmo “Tianzi”. Isso significa “filho do céu” e é o epíteto tradicional do imperador chinês. Localizada no noroeste da área cênica de Wulingyuan as montanhas Tianzi fazem um ‘triângulo dourado’ junto com o Zhangjiajie Forest Park e o Suoxiyu Valley.

 

O relevo ondula por 40 km e abrange uma área de 5.400 hectares. O pico principal de Tianzi tem 1.262,5 metros acima do nível do mar. O que torna o contraste evidente é o fato de que o é  Si Nan Yu ficar a apenas 534 metros acima do nível do mar. Graças ao advento do teleférico, somos capazes de admirar a paisagem de conto de fadas com o mínimo esforço.

 

Além disso há cerca de 100 plataformas de observação naturais. A formação do intervalo é surpreendente: houve uma vez que as rochas sedimentares cresciam sob as águas de um oceano antigo, que finalmente tornou-se arenitos de quartzo. Hoje, a camada de pedras de quartzo é tão antiga quanto 380 milhões anos de idade, e tão grossa quanto 500 ou 600 metros.

Montanhas Tianzi, China
Montanhas Tianzi, China

press to zoom
Montanhas Tianzi, China
Montanhas Tianzi, China

press to zoom
Montanhas Tianzi, China
Montanhas Tianzi, China

press to zoom
Montanhas Tianzi, China
Montanhas Tianzi, China

press to zoom
1/7

O Filme Avatar teve as Montanhas Tianzi como inspiração

O Mundo de Pandora mostrado no filme Avatar é tão incrível que gostaríamos que fosse real. As paisagens das montanhas Tianzi lembram justamente Pandora. Compare a imagem acima, do filme Avatar, com a debaixo da região montanhosa de Tianzi, na China.

 

As montanhas de Tianzi foram esculpidas de forma belíssima pela mãe natureza; são uma obra-de-arte natural. A montanha mais alta tem 1.300 metros e está rodeada por mais de 3.000 pilares rochosos que se elevam em meio a uma densa vegetação e chegam a ter 200 metros de altura. Desde 1992, as montanhas Tianzi são Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

Praias de Nudismo na Europa

 

Quando o assunto é nudismo a polêmica pode ser grande. Mas não estamos aqui para abrir uma discussão sobre certo ou errado, coerência ou não... estamos aqui para mostrar aos viajantes que também existem opções para quem busca esse tipo de viagem.

Ao acessar este link o visitante declara ser maior de 18 anos e ter pleno conhecimento que as imagens, textos e assuntos relacionados são destinados a maiores de idade conforme legislação brasileira em vigor.

 

Este não é um site pornografico, esta materia destina-se a informação sobre praias de nudismo na Europa.

 

Contém cenas de nudismo

A Ilha de Sark

 

A ilha entrou no século XXI com um sistema feudal (Sark)

Não é uma cidade em si, mas um território muito particular de parcelas agrícolas, quase como um lugar que se encaixa dentro de um "experimento social". A ilha de Sark no Canal da Mancha até 2008 foi o último “país” europeu a manter um sistema feudal (440 até 2008), quando a pequena ilha realizou sua primeira eleição democrática. É uma raridade para além da sua história social e política: com apenas 600 habitantes em cinco quilômetros quadrados, é também um dos mais silenciosos e desconhecidos dos antigos territórios do continente europeu.

Sark é dividido em duas partes, conhecidas respectivamente como Little Sark e Great Sark. Eles são Unidos por um estreito istmo de La Coupee.

Ilha de Sark
Ilha de Sark

press to zoom
Ilha de Sark
Ilha de Sark

press to zoom
Ilha de Sark
Ilha de Sark

press to zoom
Ilha de Sark
Ilha de Sark

press to zoom
1/7

A Bucovina

Região histórica da Europa Oriental, localizado a nordeste dos Cárpatos, dividido politicamente entre dois países, Ucrânia e Romênia. Sua área total é de aproximadamente 25 mil km².

Bucovina
Bucovina

press to zoom
Bucovina
Bucovina

press to zoom
Bucovina
Bucovina

press to zoom
Bucovina
Bucovina

press to zoom
1/7

A Bucovina foi, durante a Idade Média, o núcleo histórico da Moldávia, recebendo por parte dos romenos o nome de Ţara de Sus (País Alto) em contraposição ao Ţara de Jos (País Baixo), denominação recebida pela Bessarábia, localizada nas planícies ao sudoeste.

 

O nome Bucovina se tornou oficial em 1775, quando a região, até então parte do Principado da Moldávia, passou a fazer parte das possessões da Monarquia de Habsburgo, que mais tarde tornou-se o Império Austríaco (1804) e, posteriormente (1867), no Império Austro-Húngaro.

 

O nome oficial em alemão, die Bukowina, que a província recebeu durante o período em que foi governada pelos austríacos (1775-1918), vem da forma polonesa Bukowina, que, por sua vez, vem de uma palavra comum entre as línguas eslavas que significa "faia", por exemplo бук (buk) em ucraniano, relacionada também com o alemão Buch.

 

Outro nome alemão para a região, das Buchenland, que tem uma utilização essencialmente literária, também significa Terra das Faias. Também em romeno, em contextos literários, às vezes se usa o nome Ţara Fagilor (País das Faias).

Hoje em dia o nome não é oficial nem na Ucrânia nem na Romênia, embora às vezes seja usado para se referir ao Oblast de Tchernivtsi (já que 2/3 do território do Oblast constitui a parte norte da Bucovina). Na Romênia se fala em Bucovina do Norte para se referir ao Oblast de Tchernivtsi e Bucovina do Sul para se referir ao distrito romeno de Suceava, embora apenas 10% do distrito seja território da região histórica da Bucovina.

 

Nesta região remota aos pés dos Cárpatos, as igrejas e mosteiros de Bucovina, com os seus afrescos, são uma expressão viva de cenas bíblicas. São como as páginas de um livro que correm sobre paredes.

O turismo cultural na Bucovina

Bucovina detém um patrimônio histórico-cultural e etno-folclórico de grande valor e atratividade turística: objetivos com características histórico-militar (fortress`s Scheia, Suceava e ZAMCA), construção civil (tribunal principesco e principesco Inn de Suceava), bem como mais de 25 museus, tais como:

 

  • O Museu Suceava História , com "sala do trono", um desempenho excepcional, um dos tipo na Romênia

  • Bucovina Aldeia Museu

  • O Museu de Ciências Naturais

  • O Museu Etnográfico

  • O Museu de Costumes Populares em Gura Humorului

  • O "Madeira Art" Museu em campulungmoldovenesc

  • O Museu de Ciências Naturais de Vatra Dornei

  • "técnicas populares Bucovina" em Radauti

  • O "Ion Irimescu" Museu de Arte

  • O "Prominent Pessoas Gallery"

  • O museu de Água e Floresta em Falticeni

  • O Museu famílias em Solca, etc.

 

As áreas rurais são detentores de velhos costumes, tradições e artesanato, onde o talento e atração pela beleza se tornar uma verdadeira obra de arte - cerâmica, tapetes, a esfola, instrumentos populares, máscaras, etc.

 

A Bucovina é famosa por seus museus etnográficos, bem definido e tematicamente realizada (Suceava, Radauti, Gura Humorului, CampulungMoldovenesc, Solca, Vatra Dornei, Vama, Marginea), bem como para os centros de criação mais importantes ou oficinas individuais da famosa populares mestres (Vatra Moldovitei, Ciocanesti, Brodina, Poiana Stampei - ovos pintados, Marginea, Radauti - cerâmica, Manastirea Humorului, Radauti, Arbore - singelos, Suceava, Radauti, Vatra Dornei, Molide, Fundu Moldovei - ícones, Marginea, Gura Humorului -braiding , Bilca, Vama, Fundu Moldovei - limpeza de pele); e não a última, processamento de madeira é encontrado em todas as áreas mencionadas.

As manifestações artística e festividades populares tradicionais durante o ano de chamar a atenção do público para a vida, autêntico espírito das terras da Bucovina, por meio do traje populares, canções e danças, costumes antigos - artes plásticas, folclore, festas tradicionais e personalizados.

Os translados e toda infraestrutura para se conhecer a Bucovina pode ser adquirido por agências oficiais ou pelo site oficial do turismo local: http://explorebucovina.com/

Viagem de trem na Romênia

Descubra quanta história e beleza estão ao seu alcance quando você viaja de trem nesta terra misteriosa. As paisagens variadas e os cenários deslumbrantes vão conquistá-lo. As cidades surpreendentes e originais irão satisfazer a sua procura por destinos emocionantes. Sua viagem de trem na Romênia vai causar impressões muito mais profundas do que a lenda do Conde Drácula. 

 

Trens na Romênia

 

Na Romênia, há uma grande e impressionante rede ferroviária que cobre o país inteiro. Há trens internacionais diários para cidades, como Munique, Veneza, Viena e Praga. É necessário fazer reservas para os trens internacionais e os domésticos de alta velocidade.

Bran Castle

Bran Castle

TAP

Em 2013 a TAP foi eleita a Melhor Companhia Aérea na Europa.

 

Essa não é a primeira vez que a companhia portuguesa fica no topo, a "Global Traveler" sediada nos EUA, revista norte-americana prestigiada dirigida aos autos executivos viajantes, escolheu pela terceira vez consecutiva a TAP.

 

Esse prêmio criado há 10 anos é um dos mais importantes e consagrados da industria e toma como base as opiniões não só de executivos mas também de passageiros freqüentes que viajam, neste caso para Europa.As categorias de análise da "Global Traveler" são na área de viagens e turismo, envolvendo companhias aéreas do mundo inteiro, hotéis, gastronomia dentre outros relacionados ao setor de viagens.

 

Graças ao Hubport de Lisboa a TAP está se consolidando como a grande opção entre as Américas e a Europa, pois dali pode-se chegar a qualquer outro destino.

 

 

Nossos informativos não são de caráter publicitário e não temos nenhum vinculo com as empresas citadas. 

Quer postar seus informativos aqui? Envie um email para nós: malaparadois@gmail.com

Quer ajuda profissional de confiança e qualidade? Faça como o malaparadois, reserve suas viagens com total segurança e comodidade com a SBHtour.

Agência de turismo
Aliados Porto

Como escolher seu hotel, pousada ou albergue.

Já decidiu a sua viagem, agora tem que escolher o hotel! Fechar por conta própria ou procurar ajuda profissional? Essa deve ser a primeira pergunta a se fazer.

Se a escolha for por conta própria, com certeza você irá gastar menos, mas pode ter sérios problemas se não escolher direito seu hotel, pousada, albergue etc.

 

E se a hospedagem for em outro País? A primeira coisa a fazer se a hospedagem for em outro país é diferenciar hotel de hostel.

 

Hotel: Os quartos são individuais. Os hóspedes têm o café da manhã, que é obrigatório, e outras refeições que podem ser cobradas à parte, além das funcionalidade e serviços que podem ou não serem pagos.

 

Albergue ou hostel: Os quartos são compartilhados com outros hóspedes que você pode ou não conhecer. É uma opção mais simples, e também mais barata, mas esqueça as funcionalidades e serviços especiais.

 

Então, como escolher por conta própria?

Pesquisar por conta própria quase sempre sai mais barato do que fechar com profissionais do ramo. Mas fazer isso à distância e pela internet vai exigir bastante cuidado e atenção.

 

Veja algumas dicas para fazer uma reserva segura:

 

1. Não confie nas fotografias disponíveis nos sites relacionados. Os quartos podem parecer maiores e melhores do que realmente são. Para fugir de armadilhas, busque por comentários e tenha muita calma e paciência.

 

2. Olhe a localização do hotel, os pontos turísticos e os pontos de transportes públicos que estão por perto do hotel. Se o local do hotel for longe do que interessa para você, saiba que terá que gastar um pouco mais com transporte durante a viagem e as vezes gastar muito.

 

3. Antes de fechar a reserva online, veja se o site é seguro para compras ou se utiliza o meio de pagamento tais como PayPal ou PagSeguro. Após fechar a reserva, guarde uma cópia do comprovante e leve com você na viagem.

 

4. Confirme a reserva por e-mail, para não ter imprevistos quando chegar no local.

 

Então, como escolher um profissional do mercado?

A escolha do profissional do mercado, que podem ser freelancers, agências, companhias aéreas etc, deve ser feito com cautela e paciência.

 

Segue algumas dicas que podem ser úteis:

 

1. Procure o máximo de informação sobre o profissional ou estabelecimento, pesquise, pesquise e pesquise. Leia os comentários e veja indicações de sites relacionados.

 

2. Verifique no Procon, Serasa etc, informações sobre o estabelecimento. Não acredite em apenas um belo site!

 

3. Antes de fechar a reserva, se puder visite o estabelecimento comercial do profissional. Veja se o estabelecimento é seguro e estruturado.

 

4. Opte por indicações de amigos, parentes, colegas de trabalho, sites/blogs de viagens confiáveis. Geralmente essas são as fontes mais seguras para você.

 

5. Em sites/blogs de viagens vejam se as indicações são meras informações ou se a dica é de quem realmente utiliza o serviço. Muitos sites/blogs de viagens são pagos para promover a agência, freelancer ou estabelecimento de turismo, portanto, a opinião deles está comprometida. 

O que faz de Berlin diferente?

Portão de Brandenburgo

O que faz Berlim ser diferente de outras metrópoles? Primeiramente, os próprios berlinenses e depois 620 quilômetros de ciclovias! Isso mesmo a capital alemã é um oásis para quem quer pedalar.

 

Totalmente plana, a cidade de Berlin proporciona uma experiência inigualável. Na cidade para quem busca um passeio orientado existem serviços com trajetos de 10 a 20 km, custando desde €25.

 

Mas se você deseja pedalar sem rumo... Aproveite e divirta-se! São muito quilômetros em cima da Bike.

 

Visit o site oficial da cidade: http://www.visitberlin.de/en

 

Colaboração: Hans Shrermann

O Fado

O fado é sem nenhuma dúvida a identidade musical de Portugal. Um estilo inconfundível!

 

Geralmente cantado ou recitado por uma única pessoa é acompanhado uma bela viola e guitarras portuguesas. O fado foi elevado à categoria de Patrimônio Oral e Imaterial da Humanidade pela UNESCO em 2011.

 

Para se curtir um belo Fado em Lisboa, vá até o bairro de Alfama (foto) onde as ruas respiram boêmia.

 

Alguns fadistas são mundialmente famosos, podemos citar entre tantos a divina Amália, José Afonso, Mariza, António Variações, Manel Cruz e Rui Veloso.

Alfama Lisboa

Quer estar sempre por dentro das dicas vividas por viajantes de verdade?

ACESSE e PARTICIPE: 

https://www.facebook.com/groups/malaparadois/

Alguns locais que devem estar fora da sua lista de férias

Para os amantes da boa adrenalina, que querem sentir o coração disparado, arregalar os olhos... O malaparadois trás alguns locais no mínimo curiosos e que podem causar 100% de letalidade.

 

Por tanto se querem férias com bastante adrenalina... Fiquem a vontade.

 

Não estamos afirmando que nunca se deva ir a estes locais, mas toda prudência é aconselhável ter.

 

Listamos os 11 lugares que todo turista e não turista deveria evitar, pois ultrapassam os limites da sanidade, sejam por perigos naturais ou por terrorismo e violência.

E vocês o que acham? topariam uma aventura a um desses lugares?

Ilhas Izu
Ilhas Izu

11º - Ilhas Izu, Japão Arquipélago vulcânico pertencente ao Japão. Qual o problemas das Ilhas? Nestas ilhas estão localizadas a junção de três placas tectônicas o que torna o território muito instável e provoca constantes erupções vulcânicas. A emissão de gases tóxicos como o enxofre em níveis intoleráveis pode ser fatal. Seus habitantes utilizam mascaras constantemente no seu dia-a-dia.

press to zoom
The Poison Garden
The Poison Garden

10º - O Jardim Venenoso de Alnwick, Inglaterra Apesar de altamente perigoso é muito seguro. Entendeu? Vamos explicar: Apesar do grau de nocividade o visitante estará sempre acompanhado por guias. A parte perigosa, que é a que interessa, acolhe apenas plantas venenosas ou narcóticas: são mais de 100 espécies, sendo que algumas delas podem matar instantaneamente apenas por tocá-las.

press to zoom
Prypiat - Foto Divulgação
Prypiat - Foto Divulgação

9º - Prypiat, Ucrânia O acidente nuclear ocorrido em abril de 1986 na usina de Chernobyl já diz tudo. O maior desastre nuclear da história obrigou mais de 200 mil pessoas a evacuarem as regiões mais afetadas pelas nuvens radioativas e até hoje há muitos sofrendo com as conseqüências do acidente. A radiação liberada pela explosão do reator foi tão grande que após 28 anos ainda não é seguro andar pelo local. Apesar de existirem pequenas quantidades de pessoas habitando zonas de exclusão, evite!

press to zoom
Sudão do Sul - Divulgação
Sudão do Sul - Divulgação

8º - Sudão do Sul Apesar de ter uma beleza natural reservada, o país vive em guerra civil, com índices altíssimos de violência contra turistas. Em janeiros deste ano, dois turistas norte-americanos foram sequestrados e torturados. Rico em petróleo, o Sudão do Sul é o país mais jovem do mundo, separado do Sudão após referendo votado em 2011. Líderes mundiais temem que a escalada de violência prenuncie o início de uma nova guerra civil no país após a divisão.

press to zoom
Ilha da Queimada - Divulgação
Ilha da Queimada - Divulgação

7º - Ilha da Queimada Grande, Brasil Localizada somente a 35 km do litoral de São Paulo, Brasil, aparentemente pacífica e com belezas naturais não tem gases, não tem radioatividade, não tem erupções vulcânicas. O que tem de errado então? Cobras venenosas. Em média existem cinco cobras da espécie Jararaca vivendo lá por metro quadrado. É pouco? então fique a vontade para se aventurar. A autorização para ir até a ilha depende do governo e somente para fins científicos.

press to zoom
San Pedro Sula - Divulgação
San Pedro Sula - Divulgação

6º - San Pedro Sula, Honduras É a cidade considerada a mais violenta do mundo! Com uma taxa de homicídios de 158,87 pessoas a cada 100 mil. A cidade passou assim Juárez, no México, considerada uma das mais violentas por muitos anos. Por tanto o malaparadois não indica esta cidade para umas férias, a não ser que goste de viver perigosamente.

press to zoom
Caracas - Divulgação
Caracas - Divulgação

5º - Caracas, Venezuela A primeira cidade venezuelana a aparecer no ranking das dez mais violentas do mundo. Tem uma taxa de homicídios de 98,71. Essa é a única cidade da Venezuela a aparecer entre as dez mais violentas do mundo, mas o país tem três representantes na classificação de 50 cidades. Caracas hoje vive no verdadeiro caos e o turista pode sofrer até sequestros.

press to zoom
Flint - Divulgação
Flint - Divulgação

4º - Flint, Estados Unidos Flint, no Michigan, que registrou 23,4 crimes violentos (assassinato, estupro, roubo e assalto agravado) a cada mil habitantes. A cidade, de apenas 102 mil habitantes, registrou 2,392 incidentes em 2011.

press to zoom
Daguestão - Foto Rafael Maranhão
Daguestão - Foto Rafael Maranhão

3º - Daguestão, Russia Localizado às margens do Mar Cáspio no norte do Caucáso, o Daguestão tem 2,6 milhões de habitantes e é uma das áreas mais pobres da Rússia. Recentemente, foi apontado pela agência de notícias britânica BBC como o "lugar mais perigoso da Europa".

press to zoom
Congo - Divulgação
Congo - Divulgação

2º - Congo, Africa O Congo é o local do conflito mais mortal do mundo, na última década, e é o ponto central da divisão regional que faz da instabilidade na África um dos assuntos mais preocupantes para os comandos militares dos Estados Unidos e da Europa.

press to zoom
Irã - Divulgação
Irã - Divulgação

1º - Irã Pouca gente ainda duvida que os aiatolás que detém o poder supremo no Irã e Mahmoud Ahmadinejad, o presidente que não faz nada sem a bênção deles, tem no mínimo problemas com os ocidentais e podemos caracterizá-los como loucos! O sonho de ambos é desencadear uma guerra nuclear, começando com um ataque a Israel, que Ahmadinejad jurou varrer da face da Terra. Se o programa nuclear iraniano originar uma corrida armamentista regional, isso pode aumentar em muito a chance de guerra!

press to zoom

PROGRAME-SE! A  CROÁCIA ESTÁ ACESSÍVEL!

A Croácia tem ilhas fantásticas, praias que são o verdadeiro paraíso e cidades que remontam os tempos medievais.

 

Apesar de fazer parte da União Europeia, a Croácia ainda não tem o euro como moeda do país. Lá você terá que dispor de kunas que vale muito menos que o Real e o Euro.

 

Com seu litoral azul-turquesa graças ao Mar Adriático, a Costa Dálmata é fantástica. As principais cidades turísticas estão todas ao longo da costa tendo Split e Dubrovnik como pontos focais.

 

Em Split destaca-se o majestoso palácio romano de Diocleciano e em Dubrovnik o destaque fica para a cidade amuralhada. Não deixe para trás as cidades de Hvar (considerada hoje a nova Ibiza), Zadar e Pula.

 

O verão europeu é a época ideal para se viajar à Croácia, mas o inverno apesar de intenso também tem seu glamour.

 

Saindo do Brasil não há voos diretos, mas você pode fazer conexão em diversas cidades europeias. A Lufthansa, Air France, TAP e Alitalia possuem passagens a partir de $ 2.200,00 (dois mil e duzentos dólares americanos).

Site oficial do Turismo Croata: 

http://croatia.hr/en-GB/Homepage

Malta - Gozo
Malta - Gozo

Foto divulgação

press to zoom
Malta - Valletta
Malta - Valletta

Foto divulgação

press to zoom
Malta - Gozo
Malta - Gozo

Foto divulgação

press to zoom
Malta - Gozo
Malta - Gozo

Foto divulgação

press to zoom
1/4

Você conhece Malta?

Malta é uma ilha localizado no Mar Mediterrâneo próximo à Ilha da Sicilia (Itália), Tunísia e Líbia. Se não conhece, planeje para conhecer. 8 entre 10 viajantes que estiveram em Malta querem voltar e passar mais tempo, os outros 2 adoraram também. Com belas praias, todas são próprias para banho, malta é um paraíso para os turistas europeus no verão.

 

Nossa dica é para evitar o verão europeu para ir à Malta.

Todas as cidades ficam lotadas ao extremo. Malta merece ser visitado com muita calma e tranqüilidade, então escolha entre a primavera e o outono que será muito mais prazeroso e as temperaturas estarão entre 25 e 33 graus centígrados.

A ilha tem história de sobra. Foi palco de invasões por árabes, romanos, fenícios, espanhóis, franceses, britânicos e outros povos da antiguidade. Possui ruínas com mais de dois mil anos e a gastronomia mediterrânea é perfeita para a saúde.

A vida em Malta é muito prazerosa para quem vive lá. Com expectativas de vida superiores a 80 anos. Para o turista viajante, Malta tem muita coisa a oferecer, inclusive "baladas", mas na principal cidade e capital Valletta, esqueça! Vá no sentido noroeste, para as cidade de Paceville e St. Julian’s, mas tenha paciência o trânsito é um horror. Lembre-se: A mão do trânsito em Malta é a inglesa. Mesmo com transito ruim, a melhor dica é conhecer a ilha de carro. Todas as grande locadoras estão lá.

Il-Belt Valleta, este é o nome oficial em idioma local de Valletta, com 7000 anos de história, com vida tranqüila, os moradores locais vivem com paixão o presente sem esquecer do passado.

 

Patrimônio da Humanidade declarada pela UNESCO, você em Valletta vai viajar através dos milênios com a impressionante variedade de coisas que há para descobrir na cidade.

 

Onde você for, a paisagem e arquitetura da ilha proporcionam um fundo espetacular para suas férias.

 

E a culinária maltesa? Com forte influência italiana, pizzas e frutos do mar são os principais pratos. Quase tudo leva frutos do mar e muito azeite de oliva.

 

A culinária do dia-a-dia também é bem variada. Com a já mencionada influência italiana associada a influência inglesa, as carnes também são bem vindas, principalmente a de coelho. Quanto às bebidas, os malteses gostam de uma boa cerveja. As mais populares são a Cisk e a 1565.

Do Brasil não há voos diretos para Malta e a melhor opção é ir para Roma, mas há várias opções de escalas em todo continente europeu.

 

Os preços variam muito de companhia para companhia, desde $ 1500,00 a $ 2800,00.

 

As opções de hotéis são boas mas não são tão vastas como na maioria de países da Europa. Lembre-se você está numa ilha. Os preços das diárias de hotéis de três a cinco estrelas variam na média entre $ 190,00 a $ 1200,00. 

Acesse nossa seção de vídeos e delicie-se com o vídeo de uma das várias ilhas (Gozo) que compõe Malta: http://www.malaparadois.com/#!videos-malaparadois/ceyb

Curiosidades

#travel #Trollstigen

Trollstigen

 

Trollstigen na Noruega (O caminho dos Troll’s – aqueles monstros míticos) possui onze curvas fechadas de tirar o folego. Algumas de suas curvas possuem uma inclinação de 9 graus. Se tiver coragem, a vista por toda área é fantástica!

#travel #Borobudur

Borobudur

 

É o maior monumento budista do mundo. Situa-se na parte central da ilha de Java, aproximadamente a 40 km ao noroeste da cidade de Yogyakarta, um dos centros de cultura javanesa tradicional. Atualmente é a atração turística mais popular da Indonésia. Foi construído no século VIII, originalmente como um templo hindu. Posteriormente sua construção foi continuada como um templo budista. Com o advento do islamismo à ilha de Java, foi abandonado e envolvido com o passar dos anos, pela selva até a sua redescoberta em 1814 por colonos ingleses. A Unesco promoveu um programa para sua reconstrução e recuperação que findou em 1983.

#travel #Baikal

Lago Baikal

 

O lago Baikal é um lago no sul da Sibéria, Rússia, entre Oblast de Irkutsk no noroeste e Buryatia no sudeste, perto de Irkutsk. Com 636 km de comprimento e 80 km de largura, é o maior lago de água doce da Ásia, o maior em volume de água do mundo, o mais antigo (25 milhões de anos) e o mais profundo da terra, com 1680 metros de profundidade. A superfície do Lago Baikal é de 31 500 km².

 

É tão grande que se todos os rios na terra depositassem as suas águas no seu interior, levaria pelo menos um ano para encher. Alguns sítios ultrapassam os 1600 m de profundidade (dados mais recentes indicam 1680 m), sendo responsável por 20% da água doce líquida do planeta.

 

Desaguam nele cerca de 300 rios. É um habitat rico em biodiversidade, com cerca de 1085 espécies de plantas e 1550 espécies e variedades de animais, sendo conhecido como as "Galápagos" da Rússia.

 

Mais de 60% dos animais são endêmicos: por exemplo, das 52 espécies de peixes, 27 são endêmicas.A maior parte do ano o lago permanece congelado.

 

Para se chegar ao Baikal, a melhor forma é através da ferrovia Transiberiana que conta com 40 túneis e 307 km, e foi concluída em 1904. Antes de sua construção, os vagões eram transportados em balsas do Porto Baikal a Babushkin.

#travel #Stelvio

Passo dello Stelvio, Itália

 

O que você ganha quando você combina altura elevada, inclinação de 14 graus e 60 curvas fechadas dentro de 24 quilômetros de rodovia? – EMOÇÃO!

 

A segunda maior estrada pavimentada nos Alpes começa na Itália no Parque Nacional de Stelvio. Aventure-se e tire ótimas fotografias.

#travel #saara

O SAARA

 

O Saara é o maior deserto do mundo. Localiza-se na região norte da África. Seu território estende-se pelos seguintes países: Egito, Marrocos, Argélia, Líbia, Tunísia, Mauritânia, Mali, Sudão e Chade. Faz fronteira ao norte com o Mar Mediterrâneo, ao sul com o rio Níger, a leste com o mar Vermelho e oeste com o Oceano Atlântico.

Conhecendo o Saara Ao contrário do que muitos pensam, o Saara situa-se, quase totalmente, numa região de planalto (em média 300 metros de altitude) com presença de cadeias montanhosas. Podemos encontrar algumas regiões com rochas, porém grande parte do Saara é composta por areia.

 

As dunas do deserto são formadas pelas perigosas tempestades de areia. Existem também os oásis, pequenas áreas com presença de água e vegetação.As chuvas são extremamente raras e as temperaturas podem chegar a 50º C durante o dia e –5º C à noite. Com estas condições climáticas e geográficas é praticamente impossível viver no Saara.

 

Poucos povos, entre eles os tuaregues e os beduínos, habitam esta região. Os beduínos costumam atravessar constantemente o Saara, acompanhados de seus camelos, para praticarem o comércio ambulante.

 

Se pretende viajar para conhecer o deserto... Prepare-se! Voos para Egito, Marrocos, Tunisia são os mais indicados.

#travel #MachuPicchu

Machu Picchu

 

Em quíchua Machu Pikchu, "velha montanha", também chamada "cidade perdida dos Incas", é uma cidade pré-colombiana bem conservada, localizada no topo de uma montanha, a 2400 metros de altitude, no vale do rio Urubamba, atual Peru. Foi construída no século XV, sob as ordens de Pachacuti. O local é, provavelmente, o símbolo mais típico do Império Inca, quer devido à sua original localização e características geológicas, quer devido à sua descoberta tardia em 1911.

 

Apenas cerca de 30% da cidade é de construção original, o restante foi reconstruído. As áreas reconstruídas são facilmente reconhecidas, pelo encaixe entre as pedras. A construção original é formada por pedras maiores, e com encaixes com pouco espaço entre as rochas.

 

Consta de duas grandes áreas: a agrícola formada principalmente por terraços e recintos de armazenagem de alimentos; e a outra urbana, na qual se destaca a zona sagrada com templos, praças e mausoléus reais. No meio das montanhas, os templos, casas e cemitérios estão distribuídos de maneira organizada, abrindo ruas e aproveitando o espaço com escadarias. Segundo a história inca, tudo planejado para a passagem do deus sol.

 

O lugar foi elevado à categoria de Patrimônio mundial da UNESCO, tendo sido alvo de preocupações devido à interação com o turismo por ser um dos pontos históricos mais visitados do Peru.

 

Há diversas teorias sobre a função de Machu Picchu, e a mais aceita afirma que foi um assentamento construído com o objetivo de supervisionar a economia das regiões conquistadas e com o propósito secreto de refugiar o soberano Inca e seu séquito mais próximo, no caso de ataque.

 

Voos para o Peru: Do Brasil a Lima, A maior cidade próxima do sítio arqueológico é Cusco, mas não há voos diretos entre nenhuma cidade brasileira e ela. Portanto, é necessário primeiro voar até Lima, capital peruana, e de lá seguir em outro voo para Cusco.LAN, TAM e Taca operam voos diretos entre São Paulo e Lima, e a viagem dura cerca de cinco horas. Quem está no Rio de Janeiro ou em Porto Alegre pode também pegar o voo entre essas cidades e Lima.

Bed Bugs, eles estão de volta

Eles estão de volta!


Sumidos desde a década de 50, os percevejos de cama voltaram a atormentar últimos anos. A população nos Estados Unidos, desde 2006, as pessoas convivem com o retorno da praga que pensavam estar exterminada. Talvez, pelo número crescente de viagens internacionais, ou por outros motivos, o fato é que no Brasil os percevejos de cama também voltaram a causar estragos.


Como a maior parte da população desconhece a praga ou nunca conviveu com este tipo de problema, a infestação silenciosa torna-se ainda mais perigosa e ameaça tirar o sono de um número cada vez maior de pessoas.

malaparadois - Dicas de Viagens & Lifestyle em um único site!

A influência do mercado de câmbio nas nossas viagens

Qual a importância do dólar e do mercado de câmbio?

Dólar comercial, turismo, paralelo e ptax?

Como compro dólar para viajar?