malaparadois - Dicas de Viagens & Lifestyle em um único site!

Florença

  • Wix Facebook page
  • Facebook-Icon.png
  • Google+ Preto Redonda
  • Wix Twitter page
  • Facebook Orange Gumdrop
  • YouTube App Icon
  • Instagram App Icon
  • Pinterest App Icon
  • Google+ App Icon
  • Vimeo App Icon
  • Flickr App Icon
  • Tumblr App Ícone
  • Catraca Livre.png
  • WhatsApp.jpg
Rio Arno & Ponte Vecchio

Rio Arno & Ponte Vecchio

Rio Arno & Ponte Vecchio

Rio Arno & Ponte Vecchio

Rio Arno & Ponte Vecchio

Rio Arno & Ponte Vecchio

Rio Arno

Rio Arno

O Duomo

O Duomo

O Duomo

O Duomo

O Duomo

O Duomo

Caffe Concerto Paszkowski

Caffe Concerto Paszkowski

Caffe Concerto Paszkowski

Caffe Concerto Paszkowski

Florença

Florença

Florença

Florença

Barberino

Barberino

Piazza S. M. Novella

Piazza S. M. Novella

Giardino di Boboli

Giardino di Boboli

Giardino di Boboli

Giardino di Boboli

Palazzo Pitti

Palazzo Pitti

Piazza Signoria

Piazza Signoria

Piazza Della Republica

Piazza Della Republica

Piazzale Michelangelo

Piazzale Michelangelo

Piazzale Michelangelo

Piazzale Michelangelo

Piazza Signoria

Piazza Signoria

Revista malaparadois Edição Nº 4

Revista malaparadois Edição Nº 4

Florença | A capital mundial da renascença

Guia de Viagem | Toscana

Guia de Viagem | Toscana

Toscana - Prazer de viver, comer, beber e viajar

O Duomo de Firenze
O Duomo de Firenze

press to zoom
Firenze - Visão Michelangelo
Firenze - Visão Michelangelo

press to zoom
Netuno
Netuno

press to zoom
O Duomo de Firenze
O Duomo de Firenze

press to zoom
1/21

Deslumbre-se com a Basílica di Santa Maria del Fiore (foto) é a catedral, ou Duomo.

 

Perfeita em cada detalhe - "O Duomo é a basilica mais linda que já contemplei! (Edi Marques)". A majestosa Catedral, demorou para ter o aspecto que conhecemos hoje. Ela é a junção de um rebuscado gótico de cores claras cujo exterior é impactante sob qualquer ângulo que seja observado. Começou a ser construída em 1296, tendo sua conclusão somente 140 anos depois. A fachada atual demorou ainda mais – foi concluída em 1887.

 

Sua face interna é mais discreta, porém ainda assim reserva alguns detalhes preciosos a exemplo das ruínas da antiga igreja que ali existia (na cripta) e um afresco de Giorgio Vasari (cúpula). Abriga o Museo dell’Opera del Duomo, com obras com obras de Donatello e outros artistas.

 

Três detalhes que não podem passar despercebidos são a monumental cúpula de Bruneleschi - repleta de engenhosas soluções para sustentar a lanterna e o telhado a mais de 50 metros de altura, o campanário projetado por Giotto e a pintura Dante e a Divina Comédia, de Domenico di Michelino.

Firenze

Itália

 

Firenze ou Florença... Sem dúvida nenhuma é uma das mais belas cidades do mundo!

Encantadora, dinâmica, histórica, fantástica... Florença é um sonho! Passear por seus jardins, contemplar as obras renascentistas, sonhar e viajar pela Ponte Vecchio sob o Rio Arno, passar o dia no Palazzo Pitti... Tudo que eu disser sobre a beleza de Florença é pouco para expressar o que esta cidade tem a oferecer. E o Rio Arno? Ah! O maravilhoso Arno, serviu de palco de tantos talentos renascentistas. Suas encostas e ribeiras deslumbrantes...

 

Desde o início do séc. XV até meados do séc. XVIII Florença foi governada pela família Médici, grande patrocinadora das artes, da construção de igrejas e museus. A quem não fosse à favor da política Médici, mas é inquestionável a dedicação desta família pelas obras de arte.

 

A cidade é cenário de obras de grandes mestres do Renascimento, como Michelangelo, Leonardo da Vinci, Giotto, entre outros. 

 

Florença foi durante muito tempo considerada a capital da moda. É considerada o berço do Renascimento italiano, tornou-se célebre, também, por ser a cidade natal de Dante Alighieri, autor da "Divina Comédia", que é um marco da literatura universal e de onde a língua italiana moderna tem várias influências.

 

Nesse poema ele descreve a cidade de Florença em muitas passagens, assim como alguns de seus contemporâneos florentinos célebres, como Guido Cavalcanti, amigo que também era poeta e ativo na vida política da cidade. Também é florentino Cimabue, o último grande pintor italiano a seguir a tradição bizantina, e responsável pela "descoberta" de Giotto.

 

Florença, capital da TOSCANA, linda, divina, maravilhosa... Não se tem adjetivos para expressar o que esta cidade tem a oferecer ao turista.

 

Vá, divirta-se, se perca nas ruas de Florença... Cada esquina, cada beco, cada parede... Tudo espelha cultura e história.

Mas Florença tem muito mais para ser visto:

 

Piazza della Signoria

 

A principal praça de Firenze, onde estão localizados o Palazzo Vecchio e a Galeria Uffizi.

 

Ponte Vecchio

Construida no século I antes de Cristo, reza a lenda que durante a 2ª guerra quando os alemães já haviam perdido a guerra e destruíam tudo aquilo que podiam, ao ver a beleza desta ponte não tiveram coragem de destruí-la. Repleta de joalherias e ourives é a mais bela ponte sobre o rio Arno, atravessá-la é um privilégio de poucos, portanto não deixem de visitá-la.

 

Piazzale Michelangelo

A vista que se tem da cidade de Florença do alto desta praça não tem adjetivos! A Piazzale Michelangelo é um daqueles lugares que dificilmente visitamos quando temos pouco tempo. Mas vale cada minuto, É o principal ponto de observação da cidade de Firenze, o visual é qualquer coisa de fantástico.

 

Casa de Dante Alighieri

Dante foi o maior poeta de todos os tempos, principalmente pela obra "A Divina Comédia" - "particularmente esta obra de Dante me inspira (Edi Marques)". Muitos não sabem mas ele era fiorentino. É possível visitar sua casa, que virou o Museo Casa di Dante. O ingresso custa 4 euros e é possível contemplar diversas obras do poeta, incluindo alguns trechos da Divina Comédia.

 

Palazzo Pitti

A poucos metros, depois que você atravessa o Rio Arno pela Ponte Vecchio, encontra-se o Palazzo Pitti, a maior residência de Firenze e também a mais "‘majestosa". Composta de centenas de quartos e salas, hospeda também vários museus, e o maravilhoso Giardino di Boboli, verdadeira obra prima que reúne em seus diversos jardins várias esculturas e fontes nos seus mais de 45.000 metros quadrados. "No Giardino di Boboli, eu e Flávinha ficamos horas... Não queríamos ir embora! E no seu topo, ainda podemos nos maravilhar com o museu da cerâmica - Edi Marques"

 

Em fim, Firenze, Florença, Florence... Não importa como você a chame, vá! E fique no mínimo uma semana.

NOTA DO EDITOR

 

- Sou um apaixonado por viagens e amo Portugal, mas a Itália fascina! Especialmente Florença.

 

Quando estive em Florença a sensação sentida foi de voltar ao século XVI e viver toda a fantástica história e cultura da época.

 

Florença faz isso com você! Te transporta a tempos passados como num toque de mágica.

 

Já viajei por diversas cidades, mas poucas me deixaram com tanta vontade de voltar!

 

Edi Marques - Administrador & Editor dos canais malaparadois

Dúvidas, críticas e sugestões

Questions, comments and suggestions

malaparadois@gmail.com